Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Outro Sentido

Outro Sentido

Advento (do latim Adventus, "chegada"; do verbo advenire "chegar a")

Para quem, como eu, o tempo de Advento tem um significado profundo que se vive todo o ano, estas palavras da Madre Teresa de Calcutá fazem muito sentido:

«Não andem à procura de grandes coisas, façam as coisas pequenas com grande amor".

São palavras da mesma mulher que achava que a alegria é sinal de uma pessoa generosa, aquela que se dá ao próximo com um sentido humanizante da vida e para quem cada gesto solidário era uma forma de fazer "uma coisa bonita para Deus".

 

Este, não é apenas o tempo em que se espera, é também e sobretudo, aquele em que se procura, em que se prepara o caminho para o caminhar melhor.

Esta vida é uma viagem com bilhete de ida, há que vivê-la bem, carregar pouca bagagem, apreciar a paisagem, gozar a companhia, olhar para o lado e ver quem aí se senta,  talvez não tenha lugar de primeira ou sequer de segunda mas não deixa de ser alguém que se cruzou no nosso caminho, lembrar que talvez não o seja em vão.

A chegada é o destino, é a certeza última do percurso. Ter presente esse advento, ajuda a compor uma viagem melhor, aquela em que se larga o que é acessório e se olha ao essêncial, afinal, tudo o resto, "é vaidade e vento que passa".

Domingando

«O mundo é constituído por 70% de água e nós também. Não deve ser surpresa, então, que os seres humanos tendam a ondular, assim que se encontram num ambiente sem pressões. Para nós, assim como para a maioría dos organismos vivos na natureza, o caminho da mínima resistência é uma sucessão de curvas lânguidas».

 

(In, "A Arte de não fazer nada", Veronique Vienne e Erica Lannard)

 

Antares - Rua da Prata nº 173, Lx.

Estive ontem nesta loja a fazer umas compritas de Natal.

Cheguei lá através do Blog da Ana Oliveira que conheço há bastante tempo.

A Antares tem presentes deliciosos e conta ainda com a simpatia e boa onda de quem abre a porta e nos recebe. Recomenda-se a visita.

Ontem fui premiada ainda com uma recepção extra, esta cadela linda de morrer que insistia em snifar os embrulhos em cima do balcão.

 

É isto ...

Eu tenho uma máquina fotográfica nova

Eu tenho uma máquina fotográfica nova

Eu tenho uma máquina fotográfica nova

Eu tenho uma máquina fotográfica nova

Eu tenho uma máquina fotográfica nova

Eu tenho uma máquina fotográfica nova

Eu tenho uma máquina fotográfica nova

Eu tenho uma máquina fotográfica nova

Eu tenho uma máquina fotográfica nova

Eu tenho uma máquina fotográfica nova

 

tra-la-ri-la-la 

 

Markl

Meus amigos,

 

Passa-se o seguinte de que tenho de vos dar conta: Eu tenho três ou quatro gestos mecânicos após ouvir o despertador que me acorda por volta das 7:45 todos os dias. O primeiro é desliga-lo (enquanto praguejo contra vida e tento descolar as ideias na tentativa de perceber se tenho, ou não, tempo para me arrastar debaixo do edredon mais cinco minutos); o segundo é colocar os óculos (não por muito mais tempo, se Deus quiser); o terceiro é ligar o Rádio, sempre sintonizado na Rádio Comercial.

Eu sou fan das manhãs da Comercial, fan incondicional há muito tempo. 

Ora, sucede que, desde segunda-feira passada, para além dos anfitriões habituais - Pedro Ribeiro, Vanda Miranda e Vasco Palmeirim - agora temos também o regresso do Nuno Markl depois de um longo e saudoso interregno do Homem que mordeu o cão.

O Markl volta agora com o crómó e vale, só vos digo, vale mesmo a pena estar acordadinho para ouvir estes Senhores.

 

Divulgada a coisa e com a despensa cheia de petazetas vou ali acabar de ouvir o crómó desta manhã.

 

Até jázinho

 

Pág. 1/7

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

The New Yorker

Frida Kahlo

Small things

Wise Words

canto de leitura

Your house

Flower Power

Odeio o acordo ortográfico

License

Licença Creative Commons
obra licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.